“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

12 de jun de 2017

ADAM WEST - Arte Tumular - 1139 -



West no San Diego Comic-Con (2011)
Nome completoWilliam West Anderson
Outros nomesAdam West
Nascimento19 de setembro de 1928
Walla WallaWashingtonEstados Unidos
Morte9 de junho de 2017 (88 anos)
Los AngelesCalifórniaEstados Unidos
Ocupaçãoator e dublador
Atividade1953–2017
CônjugeBillie Lou Yeager (1950–1956)
Frisbie Dawson (1957–1962)
Marcelle T. Lear (1970–2017)
PERSONAGEM
Adam West, nascido William West Anderson (Walla Walla, 19 de setembro de 1928 - Los Angeles, 9 de junho de 2017), foi um ator e dublador norte-americano.
Morreu aos 88 anos

SINOPSE ARTÍSTICA
Estreou na carreira artística em 1957, no filme Voodoo Island, mas não teve seu nome creditado.

Participou de inúmeros seriados de televisão, mas ficou conhecido pelo papel de Batman no seriado de mesmo nome, que foi ao ar de 1966 a 1968.

Caracterizado como Batman, o papel que o tornou famoso

Ele também apareceu no filme de ficção científica Robinson Crusoe on Mars (1964) e dublou as séries animadas The Fairly OddParents, The Simpsons e Family Guy, interpretando versões fictícias de si mesmo nos três.

SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
 Adam West nasceu em 19 de setembro de 1928, em Walla Walla, filho de Otto West Anderson (1903 – 1984) e Audrey V. Speer (1906–69).

Aos 10 anos Adam colecionava quadrinhos e o personagem Batman o impressionou bastante. Quando sua mãe casou novamente, desta vez com Dr. Paul Flothow, mudaram-se para Seattle junto com seu irmão mais novo, John. Aos 14 anos, Adam entrou na Lakeside School e em seguida cursou o Whitman College, formando-se em Literatura e Psicologia. Durante seu último ano na faculdade, casou-se com Billie Lou Yeager.



Adam começou a trabalhar como DJ numa estação de rádio enquanto fazia uma pós graduação em Stanford. Dispensado do exército, passou dois anos tentando colocar uma estação de TV militar no ar - uma em San Luis Obispo, Califórnia e outra na área militar Fort Monmouth, Condado de Monmouth, Nova Jérsei.

Nesse meio tempo, viajou pelo mundo com a esposa, até que parou no Havaí onde estrelou um programa infantil chamado The Kini Popo Show in Hawaii. Nessa época divorciou e em seguida casou com uma dançarina taitiana chamada Ngatokoruaimatauaia Frisbie Dawson (ele a chamava de "Nga"), com quem teve uma filha em 1957 e um filho no ano seguinte - Jonelle e Hunter. Esse segundo casamento durou até 1962.

Em 1959, Adam foi para Hollywood, adotou o nome artístico de Adam West e conseguiu pequenos papéis em filmes de faroeste. Após sete anos em Tinseltown, ele finalmente conseguiu um papel que o levou à fama quando, em 1966, estrelou como Batman, pela rede ABC.

Em 1972 ele casou com Marcelle Tagand Lear com quem teve dois filhos; Nina em 1976 e Perrin em 1979. Em 1994 lançou uma auto biografia chamada Back to the Batcave.

RETORNO A FRANQUIA BATMAN
West repetiu várias vezes seu papel como Batman/Bruce Wayne, primeiro na série animada The New Adventures of Batman e em outras séries como The Batman/Tarzan Adventure Hour, Tarzan and the Super 7, Super Friends: The Legendary Super Powers Show e The Super Powers Team: Galactic Guardians (substituindo Olan Soule). Em 1979, o West, mais uma vez, vestiu o uniforme do Batman no especial de televisão Legends of the Superheroes. Em 1985, a DC Comics homenageou West na publicação de Fifty Who Made DC, em comemoração aos 50 anos da editora.

West foi cotado para interpretar Thomas Wayne, o pai de Bruce Wayne, no Batman de Tim Burton. Originalmente, ele queria interpretar o Batman. West nunca mais apareceu em nenhuma das filmagens da franquia da batman da década de 1960 e, até o momento, Burt Ward (Robin, da série de TV). West fez uma aparição em um episódio de 1992 de Batman: The Animated Series da Fox, mas não como Batman (o papel de Batman já estava sendo interpretado por Kevin Conroy). Em vez disso, ele retratou Simon Trent, um ator que costumava interpretar um super-herói em uma série de TV chamada The Grey Ghost e que estava com dificuldade em encontrar trabalhos, mais tarde, teve um papel recorrente como a voz do prefeito Grange na série animada The Batman.


O ator retomou seu papel como Batman para o curta-metragem animado CGI Batman: New Times. Ele co-estrelou com Mark Hamill, que redublou o Coringa e originalmente desempenhou o mesmo papel em Batman: The Animated Series. West também interpretou Thomas Wayne em um episódio da série Batman: The Brave and the Bold. Na mesma série, ele interpretou o robô protótipo do Batman, chamado "Protobot".

MORTE
Adam West morreu em 9 de junho de 2017, aos 88 anos, vítima de leucemia.

Fonte: pt. wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales



Nenhum comentário: