“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”

''REVERTERE AD LOCVM TVVM'

'Retornarás de onde vieste'


ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

14 de jan. de 2020

ENRIQUE CADÍCAMO - Arte Tumular - 1490 - Cementerio de la Chacarita Buenos Aires, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Capital Federal, Argentina

COMPOSITOR DE TANGOS 

PANTEON SADAIC -- Sociedad Argentina de Autores y Compositores de Música


ARTE TUMULAR
No interior do Panteon SADAIC, um tampo de mármore encerra os restos mortais do compositor, tendo uma placa de bronze com o seu nome e datas

Local: Cementerio de la Chacarita Buenos Aires, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Capital Federal, Argentina
JAZIGO:  Panteón SADAIC, 1s 4 #13
Fotos: Findagrave
Descrição tumular: Helio Rubiales


Enrique Cadícamo
Informação pessoal
Nome de nascimentoEnrique Domingo Cadicamo Ver e modificar dados no Wikidata
NascimentoComo 15 de julho de 1900 Lujan ( Argentina ) Ver e modificar dados no Wikidata
Ver e modificar dados no Wikidata
MorteEm 3 de Dezembro de 1999 (99 anos) Buenos Aires (Argentina) Ver e modificar dados no Wikidata
Ver e modificar dados no Wikidata
Causa da morteInsuficiência cardíaca Ver e modificar dados no Wikidata
Local do enterroCemitério de Chacarita (Argentina) Ver e modificar dados no Wikidata
Nacionalidade:Argentina Ver e modificar dados no Wikidata
Informações profissionais
Profissãopoeta , compositor , escritor , letrista
PseudônimoRosendo Luna , Yino Luzzi
SexoTango Ver e modificar dados no Wikidata

PERSONAGEM
Enrique Domingo Cadícamo ( Luján , província de Buenos Aires , 15 de julho de 1900 - Buenos Aires , 3 de dezembro de 1999) foi um prolífico letrista , poeta e romancista de tango argentino .
Morreu aos 99 anos.



SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Ele era o décimo filho de uma família de imigrantes italianos . Aos seis anos, eles se mudaram para o bairro de Floresta, em Buenos Aires. Aos 18 anos, trabalhou no Conselho Nacional de Educação da Argentina, juntamente com o poeta, jornalista e político Leopoldo Lugones .  Aos 26 anos, publicou seu primeiro livro de versos, intitulado Gray Songs , cujos versos mostram a influência do tango

Desde uma tendência simbolista inicial , ele desenvolveu um estilo distinto, rico em lunfardo desde tenra idade, e em 1925 ele teve sua primeira peça, Pompas de jabón , cantada por Carlos Gardel .

Outras composições notáveis ​​incluem Madame Ivonne , Che, papusa , oi , Anclado en París , Muñeca brava , Al Mundo le falta un Tornillo , Pa 'que bailen los muchachos e Los mareados ("Os tonto"), originalmente intitulado Los dopados ("Os dopados"), sobre um casal que promete ficar bêbado depois de perceber que seu amor acabou , todas essas composições gravadas por Carlos Gardel.

Também prolífico como escritor, publicou três volumes de poesia lírica ( Canciones grises , 1926; La luna del bajo fondo , 1940; e Viento que lleva y trae , 1945), três livros biográficos e históricos ( El debut de Gardel en París , La historia del tango en París e Mis memorias ), algumas obras teatrais ( La epopeya del tango e La baba del diablo , ambas co-escritas com Félix Pelayo , e El romance de dos vagos em colaboração com Germán Ziclis ) e as peças narrativas El cantor de Buenos Aires, com Alberto Ballerini e Los cuentos de um príncipe com Martín Lemos . Em 1936, escreveu e dirigiu o filme Noites Cariocas .

 Como reconhecimento à sua carreira, foi declarado Cidadão Ilustre da cidade de Buenos Aires em 1987 e Emérito da Cultura Argentina em 1996. Ele morreu aos 99 anos de insuficiência cardíaca . Los mareados teve vários avivamentos; faz parte do repertório da Mercedes Sosa desde os anos 80 e também foi coberto por Roberto Goyeneche e Andrés Calamaro .

 Outra letra de Cadícamo, Por la vuelta ("Um brinde ao nosso retorno") é uma imagem espelhada de Los mareados : dois ex-amantes se encontram um ano depois de se separarem, descobrem que sua amizade mútua sobreviveu ao afastamento e concordam beber para isso. Aliás, a bebida de escolha em ambas as histórias é champanhe .

Fonte: pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales





HENRY CALVIN (Sargento Garcia) - Arte tumular - 1489 -Grove Hill Memorial Park Dallas, Dallas County, Texas, EUA



SARGENTO GARCIA DA SÉRIE O ZORRO



ARTE TUMULAR
Placa de mármore com o seu nome e datas gravados no gramado do cemitério. No fundo ergue-se uma construção em granito liso marrom com a palavra "Bom-homen" gravada em relevo.

Local: Grove Hill Memorial Park Dallas, Dallas County, Texas, EUA
JAZIGO Section 60-3-16  
Fotos: Findagrave
Descrição tumular: Helio Rubiales

Henry Calvin
Hcalvinasgarcia.jpg
Henry Calvin como sargento Garcia em Zorro com Gene Sheldon como Bernardo em segundo plano
Nascermos
Wimberly Calvin Goodman

25 de maio de 1918
Dallas , Texas, EUA
Morreu6 de outubro de 1975 (57 anos)
Dallas, Texas, EUA
Local de descansoParque Memorial Grove Hill em Dallas
Ocupaçãoator cômico
Anos em atividade1949-1971
Conhecido porSargento Garcia no Zorro da Disney
Cônjuge (s)Edna Frances Goodman (1938–1962)

PERSONAGEM
Wimberly Calvin Goodman (Dallas, 25 de maio de 1918 — Dallas, 6 de outubro de 1975) foi um ator norte-americano que estreou como cantor de ópera, passando mais tarde a trabalhar em musicais da Broadway. Sua notoriedade, porém, veio em fins dos anos de 1950, ao interpretar em três temporadas, o Sargento Demétrius Lopez Garcia, na série "O Zorro".
Morreu aos 57 anos.



SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Sargento Garcia, o ingênuo e obeso atrapalhado praça de Sua Majestade, mas detentor de um bom coração e com uma pura alma de criança, sabendo quando ser durão (à sua maneira) quando fosse preciso, na telessérie produzida por Walt Disney Zorro (1957-1960), estrelada por Guy Williams no papel-título. Na série, Calvin ainda usava um corpete para prender a barriga.

Seu personagem em Zorro era para ser um dos vilões da série de Disney. Nas histórias de Johnston McCulley, o criador do Zorro (a raposa, em espanhol), não existe Sargento Garcia, e sim Sargento Gonzalez, um militar gordo, mas implacável quanto a perseguir a raposa, sem qualquer resquício de ternura ou carisma como o sargento da telessérie da Disney. Garcia seria a inspiração deste Gonzalez na série, mas Disney achou melhor torná-lo engraçado e divertido, já que a sua série era destinada, principalmente, ao público infantil. Os produtores decidiram que Garcia seria, ao mesmo tempo, um atrapalhado "inimigo" do herói mascarado (que sempre estava atrás da recompensa pela captura de Zorro, promovido pelo Reino da Espanha), e ao mesmo tempo seu aliado, pois em alguns episódios, ele demonstra ser seu parceiro ao lutar ao lado da raposa contra a opressão e a tirania. O Sargento Garcia ficaria mais engraçado a partir da segunda temporada da série, com o surgimento do Cabo Reys (interpretado por Don Diamond), um personagem igualmente espirituoso como Garcia, que com ele fazia uma dupla cômica na série. Reys, um baixinho com voz e fala mansa, sempre cobrava o dinheiro que o sargento gordo pedira emprestado para beber vinho (um dos grandes "hobbies" de Garcia) nas tabernas, e este sempre vinha com desculpas e saídas para evitar pagar seu débito com o cabo. No entanto, os dois se uniam em situações ridículas e engraçadamente absurdas para capturar Zorro (o que nunca conseguiram) e dividir o dinheiro da recompensa, que jamais tiveram.



Com o término da série, em 1960, Calvin ainda atuou em televisão, em programas de humor como o Dick Van Dyke Show, onde em uma participação especial personificou Oliver Hardy, da dupla O Gordo e o Magro, tendo Van Dyke como Stan Laurel. Esta apresentação levou-o, em 1965, a fazer a voz de Oliver Hardy para um disco infantil, de 45 rpm, em uma esquete para um programa intitulado This Is Your Life.

 Henry Calvin ainda participou de filmes para o cinema, entre os quais: "Crime Against Joe"(1956); "Toby Tyler or Ten Weeks in a Circus"(1960); "Babes in Toyland"(1961); e "Man-Trap"(1962), este, estrelado por Jeffrey Hunter e David Janssen, e sob direção do talentoso ator Edmond O' Brien. A partir da década de 1970, Calvin empreendeu algumas viagens para a América Central e América do Sul, principalmente na companhia do amigo Guy Williams, em excursões promovendo shows e apresentações como o Zorro, e tendo Calvin como o Sargento Garcia, o personagem que o consagrou nas televisões do mundo inteiro, principalmente na Argentina, onde, juntamente com Williams, foi convidado a fazer apresentações pelo governo daquele país.

Em 1970, Henry Calvin esteve no Brasil, desembarcando no Rio de Janeiro, onde chegou incógnito e apenas para um passeio. Em um hotel onde ficara hospedado, assistiu a alguns episódios de Zorro dublados em português e pediu para conhecer o seu dublador, que foi o Mega-talentoso Orlando Drummond. Quando Drummond foi apresentado a Calvin, este ficou surpreso e declarou ao dublador brasileiro: "Você é tão pequeno e com uma voz tão grande, e eu sou tão grande com uma voz tão pequena". Orlando jamais superou o arrependimento de não ter encontrado alguém com uma câmera fotográfica para registrar tão grande momento. A Imprensa não sabia que o ator estava no país, logo não houve divulgação, seja do encontro com Drummond ou sobre sua estadia no Rio.

Mais tarde, ainda no Brasil, o mesmo Orlando Drummond redublou o finado Calvin, quando a série foi reexibida, após um longo "sumiço", em 1996, com novas matizes e ainda colorizado por computador (já que a série era no original em preto & branco), exibida no programa intitulado O Agente G, destinado ao público infantil, apresentado por Gerson de Abreu, na emissora Rede Record. As crianças da nova geração puderam ter a oportunidade de conhecer o herói mascarado da Disney, tal como conheceram seus pais, que tinham sido crianças quando a série estreou na TV brasileira pela primeira vez.

Para a sua volta triunfal à televisão brasileira após uma ausência de cerca de quinze anos, a telessérie tinha novas matizes vindas dos Estados Unidos e estava renovada pela revolução da coloração computadorizada (desde 1983, se tornou um processo que consistia em tornar a cores os clássicos filmes produzidos originalmente em preto & branco, o que originou protestos contrários a esta inovação de muitas entidades artísticas de Hollywood, nos primórdios da década de 1980, de cineastas como Billy Wilder, Frank Capra, Martin Scorsese, e de astros como James Stewart e Barbara Stanwyck). Além disso, o programa teve que ser redublado, devido às novas aparelhagens e equipamentos de vídeo e áudio mais modernos nas emissoras de TV no Brasil, que compravam séries ou filmes apenas com sistemas de som mais compatíveis para suas aparelhagens modernas, como dolby ou hi-fi. A dublagem antiga da série era de som mono, não proporcionando, segundo as emissoras de televisão, uma qualidade de áudio desejável para o público moderno. Alguns atores brasileiros que fizeram a primeira dublagem da série no Brasil (que estreou no programa infantil Capitão Furacão, um programa infantil exibido na Rede Globo), tinham já se aposentado ou falecido (como o dublador e ator Paulo Gonçalves, que dublou Guy Williams na série na 1ª dublagem brasileira; na redublagem de 1996 foi Nilton Valério o dublador de Williams/Zorro), de maneira que evidentemente precisou mudar o elenco de dubladores, com exceção de Orlando Drummond, que fez questão de redublar o mesmo Henry Calvin, o Sargento Garcia, tal como fizera cerca de trinta anos antes na 1ª estréia da série no Brasil, e com igual talento e competência.

MORTE
Obeso quase toda vida, Calvin enfrentou sérios problemas de saúde. Henry Calvin faleceu em 6 de outubro de 1975, aos 57 anos.

Fonte: pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

FRANK "ROCKY" FIEGEL (Popeye) - Arte Tumular - 1488 - Cemitério Católico de Saint Marys Chester , Randolph County , Illinois , EUA

PERSONAGEM QUE INSPIROU A CRIAÇÃO DO POPEYE


ARTE TUMULAR
Bloco de mármore branco com o seu nome e datas gravados no gramado do cemitério

Local: Cemitério Católico de Saint Marys Chester , Randolph County , Illinois , EUA
Fotos: Findagrave
Descrição tumular: Helio Rubiales



É interessante saber que Popeye é um personagem clássico dos quadrinhos, criado por Elzie Crisler Segar em 17 de janeiro de 1929, na tira de jornal Thimble Theatre.

INSPIRAÇÃO DE POPEYE
O criador de Popeye, Elzie Segar contou, anos depois, que a inspiração para o personagem, veio de um homem que ele conheceu quando criança, em Chester, Illinois, chamado Frank “Rocky” Fiegel. Aposentado, Frank era pago para manter limpo o bar local. Vivia com o olho direito meio fechado, fumava cachimbo e mentia muito. Não parava de contar aventuras imaginárias, gabando-se das proezas de sua força física, garantindo que nunca tinha perdido uma briga. Suas histórias e a maneira de proceder mexeram com a imaginação do garoto Elzie que, quando teve oportunidade, colocou Fiegel em cena, transfigurado em Popeye.



O SIGNIFICADO DO NOME
O significado do seu nome (pop eye) é “olho estourado”, ou também “olho arrebentado” “saltado” ou “arrancado”, ele é chamado assim pelo fato de ser um marinheiro caolho. “Pop eye” quer dizer: “pop” = estouro ou saltar / arrancar, “eye” = olho, parecido um pouco com a palavra pipoca que é “popcorn” em inglês: “pop” = estouro, “corn” = milho, “milho estourado”.

Fontes: https://www.interessantesaber.com.br/
Formatação: Helio Rubiales

13 de jan. de 2020

SITTING BULL (Búfalo Sentado) - Arte Tumular - 1487 - Sitting Bull Monument Corson County, South Dakota, EUA

bandeira-imagem-animada-0008


CHEFE INDÍGENA DA TRIBO SIOUX




ARTE TUMULAR
Monumento em formato de obelisco encimado por uma escultura do busto de Sitting Bull, tendo no terço médio uma placa com o seu nome gravado em Sioux e Inglês. Esse monumento trata-sede um cenotáfio, isto é, Uma estrutura que homenageia alguém cujos restos mortais permanecem em outro lugar.


Local: Bull MonumentCorson County, South Dakota, EUA
  
Fotos: Findagrave
Descrição tumular: Helio Rubiales


BÚFALO SENTADO
SITTING BULL
Tȟatȟáŋka Íyotake
Bull sentado por DF Barry ca 1883 Dakota Territory.jpg
Touro sentado c. 1883
Hunkpapa Lakota santo homem e líder
Detalhes pessoais
Nascermos
Húŋkešni (ou "Lento") ou Texugo Saltador

c. 1831 [1]
Grand River , território de Dakota
Morreu15 de dezembro de 1890
(58 a 59 anos)
Reserva Indígena de Standing Rock
Grand River, Dakota do Sul
Local de descansoMobridge, Dakota do Sul
45 ° 31′0 ″ N 100 ° 29′7 ″ W
Cônjuge (s)
  • Cabelo claro
  • Four Robes
  • Snow-on-Her
  • Visto por sua nação
  • Mulher Escarlate
Relações
Crianças
  • One Bull (filho adotivo)
  • Pé de corvo (filho)
  • Muitos cavalos (filha)
  • Walks Looking (filha adotiva)
Pais
  • Touro saltador (pai)
  • Her-Holy-Door (mãe)
Assinatura
Serviço militar
Batalhas / guerras

PERSONAGEM
Touro Sentado (em dacota: Tatanka Iyotake; na ortografia padrão do dacota: Tȟatȟáŋka Íyotake; em inglês: Sitting Bull; também conhecido como Slon-he ou Slow, "Devagar"; meados de 1831 – 15 de Dezembro de 1890) foi um chefe indígena da tribo dos sioux hunkpapa. Viveu entre os anos de 1831 e 1890.
Morreu aos 59 anos.



SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Touro Sentado chegou a ser famoso por conduzir três mil e quinhentos índios sioux e cheyenne contra o Sétimo Regimento de Cavalaria Americana, que estava sob as ordens do general Custer, na batalha de Little Bighorn em 25 de junho de 1876, na qual o exército federal foi derrotado.

Perseguido pelo exército dos Estados Unidos, Touro Sentado levou os seus homens até ao Canadá, onde permaneceram até 1881. Neste ano regressou com a sua tribo aos Estados Unidos para que a sua gente se entregasse e acabasse assim a guerra. Touro Sentado não conseguiu uma porção de terras canadenses, porque a Rainha Vitória o considerava um selvagem dos Estados Unidos.

Nos anos seguintes Touro Sentado fez parte do show de Buffalo Bill.

Touro Sentado teria se sentido atraído pela Dança dos Fantasmas, grupo religioso fundado pelo suposto messias Wovoca. Segundo o profeta, que se dizia o próprio Cristo, a dança faria com que no próximo ano a terra engolisse os homens brancos das terras dos índios. O governo dos Estados Unidos viu nestas danças uma ameaça e enviou uma polícia índia para prender o chefe hunkpapa. Touro Sentado e seu filho morreram baleados na luta que se seguiu à tentativa de prisão.

SIGNIFICADO DO SEU NOME
Em sioux, Tatanka Iyotake significa «Búfalo Macho Sentado». O nome de Touro Sentado chegou ao português através da tradução do inglês, Sitting Bull, posto que bull, além de significar touro, utiliza-se para denominar os machos de animais similares aos bois, como os búfalos e bisontes.

MORTE E ENTERRO
Em 1890, James McLaughlin , o agente indiano dos EUA na Agência Fort Yates da Standing Rock, temia que o líder de Lakota estivesse prestes a fugir da reserva com os Dançarinos Fantasmas , então ele ordenou que a polícia o prendesse.  Em 14 de dezembro de 1890, McLaughlin redigiu uma carta ao tenente Henry Bullhead (conhecido como Bull Head na liderança), um policial indiano da agência, que incluía instruções e um plano para capturar o Sitting Bull . O plano pedia que a prisão ocorresse ao amanhecer em 15 de dezembro e recomendava o uso de uma carroça leve para facilitar a remoção antes que seus seguidores pudessem se reunir. Bullhead decidiu não usar o vagão. Ele pretendia que os policiais obrigassem o Sitting Bull a montar um cavalo imediatamente após a prisão.

Por volta das 5h30 do dia 15 de dezembro, 39 policiais e quatro voluntários se aproximaram da casa de Sitting Bull. Eles cercaram a casa, bateram e entraram. O tenente Bullhead disse ao Sitting Bull que ele estava preso e o levou para fora.  Sitting Bull e sua esposa, ruidosamente, pararam por um tempo, o acampamento despertou e os homens convergiram para a casa. Como o tenente Bullhead ordenou que Sitting Bull montasse um cavalo, ele disse que o agente de Assuntos Indígenas precisava ver o chefe e depois poderia voltar para sua casa. Quando Sitting Bull se recusou a cumprir, a polícia usou força sobre ele. Os Sioux na vila ficaram furiosos. Catch-the-Bear, um Lakota, empunhou o rifle e atirou no tenente Bullhead, que reagiu disparando seu revólver no peito do Sitting Bull.  Outro policial, Red Tomahawk, deu um tiro na cabeça de Sitting Bull, e ele caiu no chão. Ele morreu entre as 12 e as 13 horas

Uma luta de curta distância eclodiu e em poucos minutos vários homens estavam mortos. Os Lakota mataram seis policiais imediatamente e mais dois morreram logo após a luta, incluindo o Tenente Bullhead. A polícia matou o Sitting Bull e sete de seus apoiadores no local, junto com dois cavalos.

Túmulo de Sitting Bull  em Fort Yates, ca. 1906 O  seu corpo foi levado para Fort Yates , onde foi colocado em um caixão (feito pelo carpinteiro do Exército)  e enterrado. Um monumento foi instalado para marcar seu local de enterro depois que seus restos mortais foram levados para Dakota do Sul.

Em 1953, os membros da família Lakota exumaram o que eles acreditavam serem os restos de Sitting Bull, transportando-os para reinserção perto de Mobridge, Dakota do Sul , seu local de nascimento. Um monumento a ele foi erguido lá.

Fonte: pt e en.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

WYATT EARP - Túmulos Famosos - 1486 -Hills of Eternity Memorial Park Colma, San Mateo County, California, EUA -


SHERIFE NO  OESTE AMERICANO






ARTE TUMULAR
Lápide em mármore negro com o seu nome e de sua esposa gravados em relevo. Sobre uma placa de mármore branco sobre o gramado do cemitério, suporta uma placa de mármore  
escuro com o seu nome e datas.

Local: Hills of Eternity Memorial Park Colma, San Mateo County, California, EUA

Fotos: Findagrave
Descrição tumular: Helio Rubiales

Wyatt Earp
Wyatt Earp aos 39 anos, foto em San Diego por volta de 1887
Nome completoWyatt Berry Stapp Earp
Nascimento19 de março de 1848
Monmouth, Illinois Estados Unidos
Morte13 de janeiro de 1929 (80 anos)
NacionalidadeEstadunidense
OcupaçãoXerife

PEROSNAGEM
Wyatt Berry Stapp Earp (Monmouth, 19 de março de 1848 - 13 de Janeiro de 1929) ocupou vários postos policiais no oeste Americano. Foi um dos protagonistas do Tiroteio em O.K. Corral em Tombstone, Arizona, junto com Doc Holliday, Virgil Earp, e Morgan Earp.
Morreu aos 80 anos


SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Faz parte dos vultos reais que se tornaram lendários pelos seus feitos registrados na História do Velho Oeste americano, inspirando numerosos westerns. Wyatt Earp é mais conhecido como um temido xerife de fronteira que trabalhou nas cidades de Wichita e Dodge City (Kansas), e em Tombstone, Arizona, onde sobreviveu ao tiroteio do Curral OK. Mas como xerife trabalhou somente por 5 anos de uma vida longa e aventureira, atuando em garimpos e investindo em salões de jogos.

Era famoso por sua célebre frase: "Eu sou a lei e isso acaba aqui". Wyatt passou a maior parte da vida viajando pelos desertos do sudoeste com seus quatro irmãos Virgil, Morgan, James e Warren, além da esposa Josie. História Nasceu em Monmouth, Illinois, em 19 de março de 1848.

Em 1864 mudou-se com seus pais para perto de San Bernardino, Califórnia, onde foi empregado da estrada de ferro. Wyatt retornou para o leste e casou-se em 1870, mas com a morte repentina de sua noiva, voltou para o território selvagem e trabalhou como caçador do búfalo e guia de diligências. Em 1875 chegou em Wichita, onde se juntou a força policial.

Em 1876, mudou-se para a Dodge Citty, Kansas onde se transformou em negociante, delegado e dono de saloon. Foi aqui que ele se encontrou com Bat Masterson e Doc Holliday, e estabeleceu sua reputação como um xerife e jogador notável.

 Saindo de Dodge Citty com sua segunda esposa em 1878, Wyatt viajou para o Novo México e Califórnia, trabalhando por um momento como um agente da Fargo. Em 1879 juntou-se a seus irmãos e esposas na cidade mineradora de prata, Tombstone, Arizona.

 Wyatt planejou se estabelecer na cidade e adquiriu a concessão do salão de jogos Oriental. Seu irmão Virgil transformou-se em xerife da cidade, enquanto Morgan se tornou seu auxiliar. Foi aqui que Wyatt conheceu sua terceira esposa Josie.

 Em 26 de Outubro de 1881, uma disputa entre os irmãos Earp e um grupo conduzidos por Ike Clanton culminou no tiroteio mais comemorado do folclore norte-americano— o Tiroteio no OK Curral. Três do grupo de Clanton morreram, Ike e um outro membro ferido conseguiram escapar. Três irmãos Earp—Virgil, Wyatt e Morgan—junto com o Doc Holliday sobreviveram. Morgan e Virgil foram feridos, e Virgil deixou de ser xerife por sua participação nos homicídios.

 Em março de 1882 Morgan Earp foi assassinado por desconhecidos. Wyatt, junto com seu irmão Warren e alguns amigos, perseguiram os suspeitos do assassinato durante algumas poucas semanas e a "vendetta" resultou em mais quatro mortos.

 Após ser acusado destes assassinatos, Wyatt e a esposa Josie fugiram do Arizona para o Colorado. Acamparam em garimpos nos anos seguintes. Estiveram em Coeur d ' Alene, Idaho e em 1886, estabeleceram-se momentaneamente em San Diego, onde Wyatt investiu em propriedades e saloons de jogos.

 Em 1897 Wyatt e Josie dirigem-se para Nome, Alasca, onde operaram um saloon durante a corrida do ouro no Alasca. Retornaram à América em 1901 com uns $80.000 estimados e se dirigiram imediatamente para a garimpagem de ouro em Tonopah, Nevada, onde retornam as atividades de saloon, jogo e mineração.

 Depois disso, Wyatt fez prospecção e reivindicou para garimpo uma parte do Deserto do Mojave e do Vale da Morte. Em 1906 descobriu diversas jazidas que continham ouro e cobre perto de Vidal, Califórnia no rio de Colorado e registraram reivindicações numerosas na base das montanhas de Whipple.

CINEMA
No final da vida, com o sucesso dos filmes de Hollywood sobre o Velho Oeste, Earp chegou a se relacionar com alguns astros do gênero, como Tom Mix e John Wayne. John Ford realizou seu filme sobre o tiroteio do Curral OK em 1946, My Darling Clementine (Paixão dos Fortes), tendo Henry Fonda como Earp, e alardeava que teria ouvido a história do próprio Wyatt Earp. Anos depois teria admitido que nem tudo era a verdade, ao dizer algo como "Se a lenda for melhor que a realidade, filme-se a lenda", tema de um de seus últimos grandes westerns, The Man Who Shot Liberty Valance (br.: O Homem Que Matou o Facínora; pt.: O Homem que Matou Liberty Valance), de 1962. John Sturges também filmou sua versão da história em Gunfight at the O.K. Corral (br.: Sem Lei e Sem Alma; pt: Duelo de Fogo), em 1957.

MORTE
Ele morreu em 13 de janeiro de 1929 em Los Angeles, aos oitenta anos de idade.
Fonte: pt.wkipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

9 de dez. de 2019

CLAYTON MOORE - Arte Tumular - 1485 - Lawn Memorial Park (Glendale) Glendale, Los Angeles County, California, EUA

ATOR AMERICANO DA SÉRIE ZORRO


ARTE TUMULAR
Placa de formato retangular de bronze, com o seu nome e datas no gramado do cemitério.

Local: Forest Lawn Memorial Park (Glendale) Glendale, Los Angeles County, California, EUA
Jazigo: Court of Freedom Section, Garden of Everlasting Peace, Map #G29, Garden Crypt 5294
 
Fotos: Findagrave
Descrição tumular: Helio Rubiales

Clayton Moore
Lone ranger silver 1965.JPG
Clayton Moore as The Lone Ranger
Born
Jack Carlton Moore[1]

September 14, 1914
Chicago, Illinois, United States
DiedDecember 28, 1999 (aged 85)
Resting placeForest Lawn Memorial Park
ResidenceLos Angeles, California, United States
NationalityAmerican
Other namesJack Moore
Clay Moore
Alma materSenn High School
OccupationActor, model
Years active1934–1999
Known forThe Lone Ranger
TelevisionThe Lone Ranger
Spouse(s)
Mary Francis
(m. 1940; div. 1942)

Sally Angela Allen
(m. 1943; died 1986)

Connie Moore
(m. 1986; div. 1989)

Clarita Petrone (m. 1992⁠–⁠1999)
Children1 adopted daughter

PERSONAGEM
Clayton Moore (1914-1999) foi um popular ator, que ficou famoso ao interpretar o herói mascarado Cavaleiro Solitário (Lone Ranger) na série de TV homônima entre 1949 a 1957. No Brasil, o personagem foi intitulado equivocadamente por Zorro, curiosamente, o ator interpretou um um descendente de Dom Diego que assume o manto do Zorro no seriado Ghost of Zorro da Republic Pictures (1949).
Morreu aos 85 anos.



SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Moore foi trapezista e dublê antes de iniciar sua carreira de ator em seriados da Republic Pictures, na década de 1940, mas o sucesso veio a partir de 1949, quando se tornou um dos pioneiros da Televisão americana, ao protagonizar interpretar The Lone Ranger, que também havia sido adaptado pelo estúdio, em dois seriados cinematográficos: The Lone Ranger (1938) e The Lone Ranger Rides Again (1939), esse último estrelado por Robert Livingston, que também interpretou o Zorro em The Bold Caballero, o que pode ter ajudado a confundir ambos os personagens no Brasil.



Com o fim da série, em 1957, Clayton passou a fazer aparições públicas beneficentes, sempre vestido como o personagem.

Zorro com seu companheiro Tonto
Em 1979, o detentor da marca Ranger, Jack Wrather, obteve ordem judicial que proibia Moore de continuar a fazer aparições públicas vestido de The Lone Ranger. Wrather pretendia fazer um filme com nova versão da história e achava que as exibições de Moore na aparência clássica poderiam atrapalhá-lo. Também não queria que o antigo astro, já com 65 anos, achasse que poderia estrelar o novo filme. Essa ação se mostrou um desastre de relações públicas. Moore respondeu mudando seu traje e passando a usar uma máscara diferente e óculos escuros e processou Wrather. Em 1985 ele venceu a questão e voltou a usar a máscara do Lone Ranger. O filme de Wrather, The Legend of the Lone Ranger, foi lançado em 1981 e fracassou tanto para a crítica quanto nas bilheterias.

Clayton Moore,  foi casado quatro vezes.

MORTE
Clayton Moore morreu em 28 de dezembro de 1999, em um hospital de West Hills , Califórnia , depois de sofrer um ataque cardíaco em sua casa nas proximidades de Calabasas . Ele deixou sua quarta esposa, Clarita Moore ( née Petrone), e uma filha adotiva, Dawn Angela Moore. Moore foi enterrado no Forest Lawn Memorial Park, em Glendale .

Fonte:pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales