“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

10 de fev de 2016

WILLIAM HANNA - Arte Tumular - 1077 - Ascension Cemetery Lake Forest Orange County California, USA









ARTE TUMULAR
Placa de mármore com o seu nome e datas gravados no gramado do cemitério

Local: Ascension Cemetery Lake Forest Orange County California, USA
Plot: Section A, Tier 16, Grave 81

Descrição tumular: Helio Rubiales





PERSONAGEM
 William Denby Hanna (Melrose, 14 de julho de 1910 — Los Angeles, 22 de março de 2001) foi um cartunista e animador americano.
Morreu aos 90 anos de idade.

SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Alguns dos mais divertidos personagens que povoaram a infância de várias gerações, como Tom & Jerry, Os Flintstones, Zé Colméia, e Scooby-Doo, nasceram, dos traços e da imaginação de William Hanna, que formou com Joseph Barbera (Nova Iorque, 24 de Março de 1911 - 18 de Dezembro de 2006) uma das empresas pioneiras do mundo da animação (Hanna-Barbera).



Estudou engenharia, mas durante o período da grande depressão, foi trabalhar no departamento de desenho dos estúdios Harman-Ising. Em meados da década de 1930, assumiu a posição de diretor da unidade de animação de Metro-Goldwyn-Mayer, onde conheceu Joseph Barbera. Juntos, os dois criaram a série Tom e Jerry, um dos mais populares desenhos animados de todos os tempos, e iniciaram uma parceria que unia a grande habilidade de Barbera na prancheta com a facilidade para o humor de Hanna. Os dois também fizeram história na Metro ao criar cenas que misturavam desenho animado e atores nos clássicos Anchors Aweigh (1945, Marujos do amor) e Invitation to dance (1956, Convite à dança).


Hanna-Barbera

Quando a MGM fechou seu estúdio de animação, na década de 1950, William Hanna convenceu o parceiro a produzir para a televisão, criando uma forma mais simples e barata de animação adaptada para a tela pequena. em 1957, foi criada a Hanna-Barbera e no mesmo ano foi lançado o desenho Jambo e Ruivão, o primeiro de uma longa série que marcou a história da televisão em todo o mundo. Entre seus desenhos de maior sucesso, incluem-se também Os Jetsons, A turma do Manda-Chuva, Dom Pixote, Ricochete e Blau-Blau e Pepe Legal.

A dupla ganhou sete prêmios Emmy de televisão.

MORTE
Morreu em 2001 dormindo.

Fonte: pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales



Nenhum comentário: