“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

8 de ago de 2011

SÃO FILIPE NÉRI - Arte Tumular - 527 - Chiesa Nuova ,Rome, Lazio, Italy




ARTE TUMULAR
No altar maior da igreja uma urna de metal entrelaçados e vidro está o tumulo do santo , com uma escultura do mesmo

Local: Chiesa Nuova ,Rome, Lazio, Italy
Plot: Beneath the Main Altar
Fotos: wr kappus, Robert Edwards, hpv, Eman Bonnei
Descrição tumular: Helio Rubiales
PERSONAGEM
Filipe Néri, O Apóstolo de Roma (Florença, 22 de julho de 1515 — 26 de maio de 1595) foi um religioso e santo católico.
Morreu aos 80 anos de idade.
BIOGRAFIA
Filho de Francesco e Lucrezia Neri, que faleceu quando Filipe ainda era uma criança. Filipe teve duas irmãs menores, Caterina, Elisabetta e um irmão que morreu ainda muito pequeno.
Seu pai, que alternava a profissão liberal com a de notário, mantinha grande amizade com os dominicanos, e os frades do Mosteiro de são Marcos seriam os que receberiam Filipe Néri para muitos dos seus ensinamentos religiosos.
Filipe estudou humanidades e na idade de 16 anos foi enviado a ajudar nos negócios um primo de seu pai em San Germano, próximo de Monte Cassino. Não raro, Filipe se retirava para orar numa pequena capela na montanha que pertencia aos beneditinos do Monte Cassino. Aqui definiu a sua vocação e, em 1533, decidiu ir para Roma.
Os últimos anos de sua vida foram marcados por alternativas de enfermidades e recuperação. Em 12 de maio de 1595 o Cardeal Barônio, que o havia sucedido como superior, administrou-lhe os últimos sacramentos.
Foi beatificado pelo Papa Paulo V em 1614 e canonizado pelo Papa Gregório XV em 1622. Sua festa é celebrada no dia 26 de maio.
MORTE
Morreu no dia 26 de maio, aos 80 anos.
Fone: pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

Nenhum comentário: