“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

4 de jul de 2009

DOUGLAS FAIRBANKS - Arte Tumular-251-Hollywood Forever, Hollywood, Los Angeles, USA














ARTE TUMULAR
Magnífica construção tumular em mármore, composta por uma base tumular em formato retangular, representando um esquife decorado onde se encontra o corpo do ator e empresário. Em cada lado do esquife, erguem-se dois pilares e por trás mais dois pilares unidos por uma parede, também em mármore com um relevo da sua imagem laureado por uma grinalda de louros em bronze, que representa que aquela pessoa atingiu a distinção na vida artística. Nessa parede está gravado o nome e datas do artista. Todos esses pilares sustenta uma coluna em formato de “U”, que representa a totalidade da vida. O que mais surpreende nesse tumulo é o espelho d’água com mais de 10 metros que reflete o memorial, e é conhecido por esse nome.
LOCAL: Hollywood Forever. Los Angeles, California, USA
Plot: Large reflecting pool plot adjacent to the Cathedral Mausoleum
Fotos: Jim Tripton e Rick Mize
Formatação e descrição tumular:HRubiales

PERSONAGEM
Douglas Fairbanks (Denver,23 de maio de 1883 — Santa Mônica, 12 de dezembro de 1939) foi um ator de cinema norte-americano.
Morreu aos 56 anos de idade.
BIOGRAFIA (resumida)
Douglas Fairbanks, nascido Douglas Elton Ullman, em Denver , Colorado. Seu pai, um importante advogado judeu, saiu de casa quando Douglas tinha 5 anos e sua mãe passou a adotar o sobrenome do seu falecido marido, John Fairbanks. Ao londo de toda a sua vida ele fez segredo sobre o seu verdadeiro nome, sobre ser metade judeu e sobre os seus pais não serem casados.
Casou-se em 11 de julho de 1907 com a milionária Anna Beth Sully, de quem se divorciou em 1 de dezembro de 1918. Casou-se novamente em 28 de março de 1920 com Mary Pickford, da qual se separou em 1933. Casou-se pela terceira vez em 7 de março de 1936, com Lady Sylvia Ashley.
Estreou em 1914, dirigido por D. W. Griffith, criando um personagem valente e sedutor. Foi um dos fundadores da United Artists, juntamente com Mary Pickford e Charles Chaplin. Destacou-se em Párias da Vida (1916), A Marca do Zorro (1920), Robin Hood (1922), O Ladrão de Bagdá(1924), O Pirata Negro (1926), O Homem da Máscara de Ferro (1929).Pai do ator Douglas Fairbanks Jr.
MORTE
Em Dezembro de 1939, em 56 de Fairbanks teve um ataque cardíaco e morreu um dia depois em sua casa em Santa Monica.
Fonte: Wikipédia
Formatação e pesquisa: HRubiales

Nenhum comentário: