“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

1 de mar de 2016

PAUL von HINDENBURG - Arte Tumular - 1102 - Elisabethkirche Marburg Marburg-Biedenkopfer Landkreis Hessen, Germany










ARTE TUMULAR
(Primeiro sepultamento)
Esquife de mármore (direita) com seu nome e datas gravados, no 
Memorial Monumento da guerra Tannenberg na Prússia Oriental (agora uma parte da Polônia), local de maior vitória de Hindenburg na Primeira Guerra Mundial

Local- Tannenberg Memorial Monument * Tannenberg Warminsko-Mazurskie, Poland
Descrição tumular- Helio Rubiales













ARTE TUMULAR
(Transferência dos restos mortais)
Em 1946, após a Segunda Guerra Mundial  que destruiu grande parte da Europa, os seus restos mortais foram removidos para o Elisabethkirche em Marburg, Alemanha. Tampo de mármore com o seu nome e datas gravados
Local - Elisabethkirche Marburg Marburg-Biedenkopfer Landkreis Hessen, Germany
Descrição tumular- Helio Rubiales



PERSONAGEM
Paul Ludwig Hans Anton von Beneckendorff und von Hindenburg, mais conhecido como Paul von Hindenburg, (Posen, 2 de outubro de 1847 — Neudeck, 2 de agosto de 1934) foi um político e marechal alemão, importante figura durante a Primeira Guerra Mundial. Foi também presidente da Alemanha de 12 de maio de 1925 a 2 de agosto de 1934 .
Morreu aos 86 anos de idade.

SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Hindenburg é comummente lembrado como o homem que, como Presidente alemão, nomeou o líder nazista Adolf Hitler como Chanceler da Alemanha. Hitler e Hindenburg pessoalmente se detestavam, ele se referia a Hitler como um "cabo boêmio". Hitler, de forma repetida e forçada, pressionou Hindenburg para o nomear como Chanceler, mas este, continuamente, recusou o pedido de Hitler. Embora com 84 anos e a saúde precária, Hindenburg foi convencido a candidatar-se a Presidente para as eleições de 1932, pois era considerado como o único candidato que podia derrotar Adolf Hitler.

Hindenburg foi reeleito na segunda volta. Embora se opusesse a Hitler, a deterioração da estabilidade política da República de Weimar permitiu-lhe ter um papel importante na ascensão ao poder do Partido Nazi. Hindenburg dissolveu o parlamento, por duas vezes, em 1932, e acabou por nomear Hitler como Chanceler da Alemanha em Janeiro de 1933.



Em Fevereiro, emitiu o Decreto de Fogo do Reichstag que suspendia várias liberdades civis e, em Março, assinou a Lei de Concessão de Plenos Poderes de 1933 na qual o parlamento dava à administração de Hitler poderes legislativos. Hindenburg morreu no ano seguinte, após o qual Hitler declarou que o lugar de Presidente ficava vazio e, como "Führer und Reichskanzler", ele próprio era o Chefe de Estado.

O famoso zeppelin Hindenburg que foi destruído pelo fogo em 1937, recebeu o nome em sua homenagem, tal como o Hindenburgdamm, um causeway que liga a ilha de Sylt ao continente Schleswig-Holstein, que foi construído durante ainda em vida. A antiga cidade de Zabrze da Província da Alta Silésia (em alemão: Hindenburg O.S.), também foi renomeada em sua homenagem em 1915. O SMS Hindenburg, um cruzador ao serviço da Marinha Imperial Alemã, em 1917, e o último navio a entrar ao serviço na Marinha Imperial, também receberam o seu nome.

Fonte- pt.wikipedia.org
Formatação- Helio Rubiales

Nenhum comentário: