“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

1 de mar de 2015

LEONARD NIMOY - Arte Tumular - Hillside Memorial Park Culver City Los Angeles County California, USA








Foto: Eternity tour

Foto: Lisa Albanese

ARTE TUMULAR
Sobre uma rocha uma placa de bronze fixada , Uma placa de papel provisória destaca o nome do ator. Logo atrás destaca-se um pequeno lago construído com rochas e uma pequena cachoeira representando o movimento da vida.

Local: Hillside Memorial Park Culver City Los Angeles County California, USA Plot: Garden of Solomon, Block 4, Space 10 GPS (lat/lon): 33.97986, -118.38782
Fotos: Eternity Tour e Lisa Albanise
Descrição tumular: Helio Rubiales






PERSONAGEM
Leonard Simon Nimoy (Boston, 26 de março de 1931 - Los Angeles, 27 de fevereiro de 2015) foi um ator, cineasta, poeta, pintor e fotógrafo dos Estados Unidos
Morreu aos 83 anos

SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Seu papel mais conhecido é como o Sr. Spock, das série de TV e nos filmes de Jornada nas Estrelas Star Trek. Também atuou na série clássica Missão: Impossível, nas temporadas de 1969-1971 e fez um episódio da primeira temporada de Agente 86. Nimoy participou do episódio "O Gorila" da série "Bonanza", dirigido por James P. Yarbrough, em 17 de dezembro de 1960. Em Star Trek, Spock personificava o raciocínio lógico próprio do seu lado vulcano dominante, sem manifestar emoções. Mas em um dos episódios (This Side of Paradise), Spock tem um rápido namoro quando seu lado humano é liberado. Anos depois Leonard Nimoy gravou uma canção chamada "Once I Smiled" (em tradução livre: Uma vez eu sorri), cujo tema era a namorada de seu personagem. Spock é até hoje um dos mais conhecidos e adorados personagens de Jornada nas Estrelas e representava o lado lógico do trio formado também por Kirk (William Shatner) e Dr. McCoy (DeForest Kelley).



 Dirigiu Jornada nas Estrelas: À Procura de Spock e Jornada nas Estrelas: A Volta para Casa. Um de seus trabalhos menos conhecidos é a narração do jogo Civilization IV, de 2005. Nimoy era vegetariano, tinha três filhos e era casado com a atriz Susan Bay. Nos ultímos anos se aposentou da carreira no cinema, para se dedicar à fotografia. Nimoy atuou na série de tv da Fox, Fringe em que interpretou "William Bell". Leonard caracterizado como o personagem Spock. Em 2011, dublou o filme Transformers: Dark of the Moon fazendo o autobot "Sentinel Prime", mentor e antecessor de "Optimus Prime". Em 1986, ele dublou "Galvatron" em The Transformers: The Movie. O ator informou, no começo de 2014, que estava com uma doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), ocasionada por anos do uso de tabaco.

MORTE
Em 27 de fevereiro de 2015, morreu por complicações da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)

Fonte: pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

Nenhum comentário: