“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

4 de out de 2013

ZACARIAS ' PROFETA - Arte Tumular - 857 - Basílica Hirbet Madras










ARTE TUMULAR

 Arqueólogos israelenses encontraram o local onde poderia estar o túmulo do profeta bíblico Zacarias. A descoberta foi encontrada em uma basílica da época bizantina. A igreja, com mosaicos do piso bem conservados, foi descoberta em Hirbet Madras, local onde existia uma comunidade judaica na era romana, no centro do país, informou em um comunicado o departamento israelense de Antiguidades. As escavações começaram após a prisão de um grupo de saqueadores que exploravam o local. Sob o edifício há uma segunda camada de mosaicos deste período, e mais abaixo uma rede de grutas onde poderia estar o túmulo de Zacarias. “Investigadores que visitaram o local consideram que seja o local de residência e do túmulo de Zacarias”, segundo um comunicado da Autoridade de Antiguidades, que considera que esta hipótese ainda deva ser verificada. Os arqueólogos encontraram no local moedas judaicas, lâmpadas e cerâmica dos primeiros séculos depois de Cristo. Conhecido por seu livro, Zacarias – que não deve ser confundido com Zacarias, pai de São João Batista – é o número 11 dos 12 profetas menores da Bíblia e teria vivido antes de Cristo.
Local: Basílica Hirbet Madras
Decrição tumular: Helio Rubiales


PERSONAGEM
Zacarias, cujo nome "זְכַרְיָה" significa "Lembrou/Memoria do/é que Senhor", foi um dos profetas pós – exílicos do Antigo Testamento (Judeus Tanakh). Ele é o autor do Livro de Zacarias. Este é um nome theophorico, com o sufixo -iah uma forma curta do tetragrama, que era muito comumente utilizado nesta época para nomes de pessoas e lugares. Ele foi contemporâneo de Ageu (Esdras 5:1). Com Ageu, ele foi chamado para despertar os judeus que retornaram, para completar a tarefa de reconstruir o templo (ver Ed 6.14). Como filho de Baraquias, filhos de Ido, ele era de umas das famílias sacerdotais da tribo de Levi. Ele é um dos mais messiânicos de todos os profetas do Antigo Testamento, dado referências distintas e comprovadas sobre a vinda do Messias. Ele foi um profeta duas tribos Reino de Judá, e foi o décimo primeiro profeta dos doze profetas menores. Conforme Ezequiel, ele foi um profeta do exílio. Ele descreveu a si mesmo (1:1) como "o Filho de Baraquias." Em Esdras 5:1 e 6:14 ele foi chamado "o filho de Iddo," que foi na realidade seu avô. Sua carreira profética iniciou-se no segundo ano de Dario I, Rei do Império Aquemênida (520 a.C.), cerca de seis anos antes do primeiro grupo que retornou do exílio babilônico. Embora haja algumas indicações de que Targum Lamentações o "Zacarias filho de Ido" tenha sido morto no templo.

Nenhum comentário: