“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

29 de set de 2013

JOEY RAMONE - Arte Tumular - 860 - Hillside Cemetery, Lyndhurst, Condado de Bergen, Nova Jérsei,USA




ARTE TUMULAR
Lápide em mármore claro com o seu nome e datas gravados

Local:  Hillside Cemetery, Lyndhurst, Condado de Bergen, Nova Jérsei
Fotos: Cristina, Ginny M
Descrição tumular: Helio Rubiales

PERSONAGEM
Joey Ramone, nome artístico de Jeffrey Ross Hyman (Nova Iorque, 19 de maio de 1951 — Nova Iorque, 15 de abril de 2001) foi um vocalista norte-americano e letrista, sendo seu trabalho mais conhecido a banda de punk rock Ramones. Junto com seu companheiro de banda Johnny Ramone (John Cummings), foram os únicos membros que permaneceram desde o início da banda até o fim em 1996.
Morreu aos 49 anos de idade.
SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Hyman cresceu em Forest Hills, no Queens, em uma comunidade de judeus. Teve uma vida bastante conturbada, o que inspirou o som "We're A Happy Family", do álbum Rocket to Russia. Seus pais se divorciaram no começo de 1960. Sua mãe, Charlotte Lesher (1926-2007), encorajou um interesse na música em ambos os filhos: Joey e seu irmão mais novo, Mitchell (que atende pelo pseudônimo de Mickey Leigh). Leigh, irmão de Joey, no DVD End of the Century: The Story of the Ramones, diz que Joey tinha TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) e que ele era considerado esquisito e solitário. No mesmo DVD, Joey diz que a música salvou sua vida e seu irmão diz que ele se sentia bem e que ele era diferente ao cantar e que aquilo era um incentivo para ele deixar suas inseguranças e sua timidez de lado. Ele escreveu a música, "The KKK Took My Baby Away" devido ao Johnny Ramone lhe ter roubado a namorada, eles mal se falavam depois disso.
O músico tem um álbum solo (póstumo) que foi lançado em 2002, um ano após a sua morte (e ano também que os Ramones entraram para o Rock and Roll Hall of Fame). Este álbum, intitulado de "Don't Worry About Me", contém a regravação de "What a Wonderful World". Após vários anos de desenvolvimento, seu segundo álbum solo, intitulado "Ya Know?", foi lançado em 22 de maio de 2012.
MORTE
 Joey morreu de linfoma em 15 de abril de 2001, no Presbyterian Hospital da cidade de Nova Iorque. Ele aparentemente conviveu com linfoma durante cerca de 4 anos, já que ele foi examinado numa clínica especializada em câncer em meados dos anos 1990.
Fonte: pt.wikipedia.org
Formatação:  Helio Rubiales

Nenhum comentário: