“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

12 de dez de 2010

VITTORIO ALFIERI - Arte Tumular - 450 - Basílica de Santa Croce , Florença, Itália




ARTE TUMULAR
Em um dos lados do corredor da Basilica, entre os túmulos de Machiavelli e Michelangelo está o monumento funerário do poeta. Sobre uma base tumular em mármore semicircular, decorada em relevo com faixas de flores entrelaçadas de ambos os lados, terminando na parte frontal com relevo em formato de placa com o nome e datas gravados. Sobre essa base, outra menor, seguindo também a linha semicircular, mas de menor tamanho, com destaque na parte frontal de uma lira representando a poesia e a arte, ladeada por duas guirlandas representando a vitória. Encimando essa base, uma escultura de uma figura feminina com a mão apoiando a cabeça ligeiramente curvada em sinal de dor, enquanro o seu braço apóia sobre a representanção de um esquife ricamente decorado, destacando na parte frontal um relevo de um medalhão com a figura de Alfieri. Foi a condessa de Albany que  mandou construir esse magnífico sepulcro.
Local: Basílica de Santa Croce , Florença, Itália
Autor: Antônio Canova (1757-1822), Construído em 1810
Foto: pt.wikipedia.org
Descrição tumular: Helio Rubiales
PERSONAGEM
O conde Vittorio Amedeo Alfieri ( Asti , 16 jan 1749 - Florença , 08 de outubro 1803 ) foi um dramaturgo , poeta e escritor italiano
Morreu aos 54 anos de idade 
BIOGRAFIA
Filho de uma família aristocrata piemontesa, abandonou os estudos aos dezessete anos para viajar pela Europa. Consciente da necessidade de tornar a Itália uma nação, pretendia retornar ao seu país. Escreveu dezessete tragédias, entre as quais: Saul, Antígona e Maria Stuart. Além disso, escreveu apelos à liberdade, à ação contra os tiranos e ao patriotismo.
Amante de Louise de Stolberg-Gedern, condessa de Albany, ficaria com ela até a sua morte,  viveu em Paris na época de Revolução Francesa. Fugiu de lá durante o terror jacobino, indo viver em Florença. Apesar de contrário ao absolutismo, desiludiu-se com os excessos da Revolução Francesa a ponto de, em 1798, escrever a sátira Il Misogallo, violento panfleto contra o jacobinismo.
Alfieri escreveu ainda Della Tirannide (1777), sonetos que forma reunidos sob o título deRime e a autobiografia Vita (1790/1803).
MORTE
Morreu
aos 54 anos de idade, provavelmente devido à uma doença cardiovascular.
Após sua morte, em Florença, a condessa de Albany mandou construir um magnífico sepulcro na Basilica de Santa Croce.
Fonte: it.wikipedia.org
Formatação e pesquisa: Helio Rubiales

2 comentários:

Naty disse...

c

Naty disse...

Opa,errei! Eu tinha escrito dizendo que seria legal se você fizesse um post sobre onde a atriz Brittany Murphy está intererrada no Forest Lawn. Agradeço desde já ;)