“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

4 de mai de 2010

MIGUEL ACEVES MEJÍA - Arte Tumular - 411 - Panteón Jardines del Recuerdo , Mexico City, Mexico


ARTE TUMULAR
Base tumular retangular construída com blocos de pedras irregulares. Como tampo (lápide) de granito e pintado de vermelho, destacando o seum nome em bronze, tendo ao lado uma cruz latina de mármore branco. Como epitáfio na sua lápide está escrito:

“Desde el vientre de mi madre
Vine a este mundo a cantar
Cantando me he de morir y
cantando me han de enterrar.
Cantando he de llegar al pie
del eterno Padre.”
LOCAL: Panteón Jardines del Recuerdo , Mexico City, Distrito Federal, Mexico
Foto: Gabriel Tobon , Find a grave
Descrição Tumular: Helio Rubiales
PERSDONAGEM
Miguel Aceves Mejía (15 de novembro de 1915 - 06 novembro de 2006) foi um ator , compositor e cantor mexicano.
Morreu aos 90 anos de idade.
BIOGRAFIA
Miguel Aceves Mejía, ou "o rei do falsete ", como era popularmente conhecido, nasceu em Ciudad Juárez , no estado de Chihuahua . Ele se tornou muito popular nos filmes mexicanos durante sua época de ouro e foi amplamente considerado por suas interpretações de vários gêneros musicais mexicanas folclóricas, especialmente a ranchera .
Aceves começou a gravar pela primeira vez em 1938 com o trio Los portenhos. No início de sua carreira, ele interpretou ritmos de boleros , tangos e afro-cubanos .Durante sua carreira gravou mais de 1000 músicas em 90 discos e atuou em mais de 60 filmes.
Entre seus maiores sucessos estão: La Barca, El Pastor, La Rebozo del Blanco, Se Me Hizo Fácil, Yo Tapeworm un Chorro de Voz, Vaya con Dios , La Malagueña Salerosa , Jinete El, El Crucifijo de Piedra e Cuatro Caminos. Ele ficou conhecido por compor canções como El Pescado Nadador e O, Gran Dios, apesar que o9 seu forte era cantar.
Em 1945, Aceves começou a se dedicar exclusivamente ao canto e, na sequência da morte de Pedro Infante e Jorge Negrete , se aventurou no mundo do cinema.
Em 1959 ele apareceu em Amor cantando dados se .
MORTE
Aceves morreu há apenas poucos dias de seu aniversário de 91 anos, em 06 de novembro de 2006 na Cidade do México . Como é tradição no México, o seu corpo jazia sob a rotunda do Palácio de las Bellas Artes (Palácio de Belas Artes), na Cidade do México. Essa honra é reservada apenas para os maiores valores mexicano de artes e letras.
Fonte: em.wikikpedia.org
Formataçãoe Pesquisa: Helio Rubiales
PARA RECORDAR

Nenhum comentário: