“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

6 de abr de 2010

HELENA RUBINSTEIN - Arte Tumular - 383 - Mount Olivet Cemetery Maspeth,Queens County,New York, USA





Túmulo
Brasão
Lápide
Cemitério
ARTE TUMULAR
Base tumular( lápide) retangular em mármore baixa. Na parte central em relevo um brasão heráldico de família e logo abaixo o seu nome e datas. Logo acima do brasão uma cruz ortodoxa. No mesmo local está o seu último márido, principe de origem russa. (brasão e cruz ortodoxa)
LOCAL: Mount Olivet Cemetery Maspeth,Queens County,New York, USA
Fotos: Elliot
Descrição Tumular: HRubiales

PERSONAGEM
Helena Rubinstein (Cracóvia, 25 de dezembro de 1871 – Nova York, 1 de abril de 1965) foi uma empresária e cosmetóloga polonesa-americana. Nascida na Polônia na época em que esta fazia parte do Império Austro-Húngaro, com 18 anos mudou-se para a Austrália onde começou a misturar fórmulas médicas e pomadas. Em 1902 ela abriu o primeiro salão de beleza do mundo em Melbourne. Mais tarde, em 1908, ela abre outro em Londres, e logo em seguida um em Paris, 1912, e Nova York, 1914.
Desde 1917 Helena Rubinstein fabrica e distribui seus produtos em grande escala. Foi a fundadora da Helena Rubinstein, Incorporated e se tornou uma das mulheres mais ricas do mundo.
Morreu aos 93 anos de idade.

BIOGRAFIA
Rubinstein nasceu Chaja Rubinstein, a mais velha dos oito filhos, de Augusta Gitte (Gitel) Scheindel Silberfeld Rubinstein e Naftali Herz Horace Rubinstein, ele era um comerciante em Cracóvia , de origem judaíca. Por um curto período de tempo, ela estudou medicina na Suíça.

AUSTRÁLIA
Ela chegou na Austrália em 1894, sem dinheiro e pouco conhecimento de Inglês. Suas roupas elegantes e pele leitosa não passou despercebida entre as senhoras da cidade, no entanto, ela logo encontrou compradores entusiásticos para os frascos de cremes de beleza que trazia em sua bagagem. Começou a fazer os seus proprios produtos de beleza.
No prazo de cinco anos de operações australianas foram suficientementes rentáveis para financiar um Salon de Beauté Valaze em Londres. Como tal, Rubinstein formou uma das primeiras companhias mundiais de cosméticos. Sua empresa de negócios se mostrou imensamente bem sucedida e mais tarde na vida, ela usou sua enorme riqueza para apoiar instituições de caridade nos domínios da educação, arte e saúde.

CASAMENTO E FILHOS
Em 1908, casou-se com o jornalista americano Edward William Tito, em Londres. Eles tiveram dois filhos, Roy Valentine Tito (Londres, 12 de dezembro de 1909, New York, 18 de junho de 1989) e Horace Tito (Londres, 23 de abril de 1912, New York, 18 de maio de 1958). Eles se mudaram para Paris, onde abriu um salão de beleza em 1912. O marido ajudou a escrever a publicidade e a criação de uma pequena editora, publicou O Amante de Lady Chatterley e contratou Samuel Putnam para traduzir famosa modelo Kiki s memórias.

ESTADOS UNIDOS
Com a eclosão da I Guerra Mundial , ela e Tito se mudaram para New York City, onde abriu um salão de cosméticos em 1915, o precursor de uma corrente de todo o país. Este foi o início de sua rivalidade com outra grande senhora da indústria de cosméticos, Elizabeth Arden. Ambos Rubinstein e Arden, que morreu dentro de 18 meses um do outro, eram alpinistas sociais. E ambos estavam cientes de marketing eficaz e embalagem de luxo, a atração de beleza em uniformes de bom gosto, o valor do apoio de celebridades, o valor percebido de superfaturamento e à promoção da pseudo-ciência da pele.
A partir de 1917, Rubinstein assumiu a fabricação e distribuição em qgrande quantidades os seus produtos. O "Dia da Beleza" nos salões diversos tornou-se um grande sucesso. O retrato da suposta Rubinstein em sua propaganda era de uma manequim de meia-idade com uma aparência gentil.
Em 1928, ela vendeu o negócio a empresa americana Lehman Brothers por US $ 7,3 milhões Após a chegada da Grande Depressão , ela comprou de volta o estoque quase inútil que havia sobrado por menos de US $ 1 milhão e finalmente lançou ações, tornando-se multimilionaria. ações em valores de dólares multimilionária, com salões e lojas em quase uma dúzia de cidades

O DIVÓRCIO E O NOVO CASAMENTO
Em 1937, Rubinstein divorciou-se de Tito, após um casamento controverso marcado por suas infidelidades.
Em 1938 casou-se com o auto-intitulado Príncipe Artchil Gourielli-Tchkonia (1895-1955),
23 anos mais jovem que ela. Ansioso por um título régio por interesses próprios, Rubinstein perseguiu avidamente o belo rapaz, chegando deste modo a um nome de linha de cosméticos masculinos. Alguns alegaram que o casamento foi uma jogada de marketing, para passar-se como a princesa Helena Gourielli .
Com muito dinheiro, adquiriu mobiliário e obras de arte. Fundou o respeitável Helena Rubinstein Pavilhão de Arte Contemporânea em Tel Aviv .
Em 1953, ela criou a Fundação Helena Rubinstein filantrópicas para fornecer fundos para organizações especializadas em saúde, a pesquisas médicas e reabilitação, bem como para o América-Israel Cultural Foundation e bolsas de estudo para os israelenses.
Em 1959, Rubinstein representou os Estados Unidos na indústria de cosméticos no American National Exhibition, em Moscou .
Uma das suas inúmeros lemas, costumava dizer: "Não existem mulheres feias, apenas os preguiçosos."
Chamada de "Madame", por seus empregados, que ela evitava conversas fúteis, continuou a ser ativa na corporação ao longo de sua vida, mesmo doente.

MORTE
Morreu em Nova York
Fonte: pt.wikipedia.org, en.wikipedia.org e adbonline.anu.edu.au/biogs/A110484b.htm
Formatação e Pesquisa: HRubiales

Nenhum comentário: