“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

5 de set de 2009

PEDRO I DA RÚSSIA-Arte Tuimular-280-Petropavlovskaya Krepost (Catedral da Fortaleza Pedro e Paulo ) St. Petersburg, Russian Federation


Túmulo vista de frente

Túmulo e escultura no fundo

Catedral de Pedro e Paulo

Vista aérea da Fortaleza Pedro e Paulo

ARTE TUMULAR
Dentro da Catedral, dividido por um gradil de bronze está o túmulo de Pedro I, O Grande, primeiro imperador do Império Russo.
Numa base retangular (em forma de esquife) em mármore branco com um tampo com as laterais facetadas e uma cruz ortodoxa dourada na parte central, repousa os restos mortais de Pedro I. Na parte frontal do esquife uma placa de bronze com o seu nome e datas. O conjunto é ladeado por um gradil de bronze decorado e na parte frontal do gradil, uma placa de bronze identifica o nome do czar (em russo). Na parte de trás do túmulo, sobre o gradil, uma escultura em bronze do imperador.
LOCAL: Petropavlovskaya Krepost (Catedral da Fortaleza Pedro e Paulo )
St. Petersburg, Russian Federation
Fotos: David Conway e Sftrajan
Descrição tumular:HRubiales
Nota: A Fortaleza de Pedro e Paulo, foi uma antiga prisão czarista. No seu interior está a catedral do mesmo nome, com os túmulos da Dinastia dos Romanov
PERSONAGEM
Pedro (Moscovo, 9 de Junho de 1672 — 8 de Fevereiro de 1725), no alfabeto cirílicoПётр I Алекс́еевич Роман́ов ou Pyotr Alekseyevich Romanov, conhecido por o Grande, foi czar ou tsar da Rússia, e primeiro Imperador do Império Russo, tendo reinado de 1682 a 1725. Foi importante na modernização e ocidentalização da Rússia, país que já estava muito defasado em relação às potências ocidentais. Também deu ao seu país grande poder depois de derrotar a Suécia na Grande Guerra do Norte (1700-1721), que ficou marcada pela sua grande vitória na Batalha de Poltava (1709).
Morreu aos 53 anos de idade.
PRIMEIRO ANOS
Pedro, o Grande, nasceu a 9 de Junho de 1672 (30 de Maio de acordo com o calendário juliano) em Moscou, fruto do segundo casamento do tzar Alexis I da Rússia, com a tzarina Nataliya Kyrillovna Naryshkina.
Do primeiro casamento de seu pai com Maria Miloslavskaya haviam nascido cinco filhos e oito filhas, embora quando do nascimento de Pedro, apenas dois dos filhos se encontrassem vivos: Fiodor e Ivan.
Alexis I faleceu em 8 de Janeiro de 1676, não tinha ainda Pedro completado 4 anos de idade.
O seu meio-irmão Fiodor torna-se então Fiodor III, regente da Rússia entre 1676 e1682.
ASCENÇÃO AO PODER
Em 1682 morre Fiodor.
A sucessão ao trono é então disputada pelos dois ramos de sucessão ao trono - Miloslavsky do primeiro casamento de Alexis I e os Naryshkins de Pedro. Do lado dos Miloslavsky, o seu meio-irmão Ivan é o primeiro na linha da sucessão. Contudo, o fato de este ser inválido e diminuído mental dá razão à pretensão dos Naryshkins de Pedro, então com apenas 9 anos, a ser o sucessor ao trono.
Com o apoio do patriarcado da Igreja Ortodoxa Russa e da maioria da Duma boiarda, o conselho de nobres, Pedro foi em Abril de 1682 escolhido para futuro czar da Rússia.
Com 17 anos de idade, Pedro prefere deixar os assuntos de estado ao cuidado de sua mãe, Natália, dedicando-se ele mais aos estudos militares e náuticos.
Em 1694 morre Natália Naryshkina, sua mãe, e Pedro é então obrigado a finalmente assumir as funções governativas. O seu irmão Ivan V, ainda czar, limitava-se a promulgar as leis que Pedro lhe dizia. Ivan V morre em 1696, ano a partir do qual Pedro passa a ser o regente único da Rússia

Em 1722, o senado russo aclama-o Imperador de todas as Rússias, título que foi reconhecido pela Polónia,Prússia e Suécia.
MODERNIZAÇÃO DA RÚSSIA
O maior êxito de Pedro foi a modernização da Rússia.
Em 1697, organiza uma expedição diplomática à Europa Ocidental, a que dá o nome de Grande Embaixada. Entre os objectivos que traça para essa embaixada, figuram a busca de conhecimentos técnicos, militares e náuticos, bem como tentar obter o apoio das restantes nações europeias para fazer frente ao Império Otomano.
MORTE
Em 1725, morreu de frio sem designar um herdeiro.
Fonte: Wikipédia
Formatação e pesquisa:HRubiales

Nenhum comentário: