“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

29 de dez de 2008

PAUL GAUGUIN -55- Arte Tumular - Altuona Cemetery, Altuona, Hiva-Oa-Iles,Marquises, Polinésia Francesa











ARTE TUMULAR
Túmulo feito com rochas vulcânicas muito comum na ilha, assentadas com argamassa irregularmente, quase sem qualquer identificação.
LOCAL: Altuona Cemetery, Altuona, Hiva-Oa-Iles,Marquises, Polinésia Francesa

Descrição: Helio Rubiales


PERSONAGEM
EUGÈNE-HENRI-PAUL GAUGUIN (Paris, 7 de Junho de 1848 - Ilhas Marquesas, 8 de Maio de 1903) foi um pintor francês do pós-impressionismo.
Morreu aos 55 anos de idade.

BIOGRAFIA
Quando tinha um ano de idade, seu pai, um jornalista político, embarcou com a família para o Peru, mas morreu na viagem. Entretanto, graças a pessoas ricas conhecidas de sua mãe em Lima, Gauguin passou os sete primeiros anos de sua vida naquele país, antes de voltar à França em 1855. Aos 17, Paul Gauguin entrou para a Marinha Mercante. Em seus cinco anos no mar, elevou-se ao posto de segundo-tenente e visitou o Panamá e o Pacífico, os lugares tropicais que sempre acompanharam seus pensamentos.
Em 1871, Gauguin retornou a Paris, onde um influente amigo da família conseguiu-lhe um trabalho como corretor de valores. Passou a década subsequente como um respeitável homem de negócios, casando-se com uma moça dinamarquesa, Mette Sophie Gad, com quem teve cinco filhos.
No início da década de 1870, Gauguin tornou-se um entusiasmado pintor de domingo, e não demorou muito tempo para desenvolver o seu estilo próprio. Finalmente, depois de algum tempo abandonou a carreira de valores para se dedicar à pintura, passando desse modo maus momentos financeiros.
MORTE
Em 1901, Gauguin retirou-se definitivamente da civilização que o intimidava, estabelecendo-se nas Ilhas Marquesas. Seu prazer nesse novo paraíso foi rapidamente estragado por sérios conflitos com as autoridades locais. Ele ainda estava recorrendo contra uma sentença de três meses por crime de difamação quando sua vida turbulenta foi difinitivamente cortada por um ataque cardíaco, em 8 de maio de 1903.
Fonte:pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales
.

Nenhum comentário: