“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

9 de mai de 2017

BILL PAXTON - Arte Tumular - 1132 - Forest Lawn Memorial Park (Hollywood Hills) Los Angeles Los Angeles County California, USA





ARTE TUMULAR
Sepultado sob o gramado do cemitério (Falta a placa de identificação)

Local: Forest Lawn Memorial Park (Hollywood Hills) Los Angeles Los Angeles County California, USA
Plot: Court of Liberty section, Map #H36, Lot 2104, Companion Garden Crypt 3
GPS (lat/lon): 34.14376, -118.31729
Descrição tumular: Helio Rubiales




PERSONAGEM
William Paxton (Fort Worth, Texas, 17 de maio de 1955 - 25 de fevereiro de 2017) foi um ator e cineasta americano.
Morreu aos 61 anos

SINOPSE ARTÍSTICA
Participou de inúmeros filmes, como The Terminator (1984), Weird Science (1985), Aliens (1986), Predador 2 (1990), True Lies (1994), Apollo 13 (1995), Twister (1996), e Titanic (1997).
Paxton também estrelou a série da HBO Big Love (2006-2011) e foi indicado a um prêmio Emmy por sua atuação na minissérie Hatfields & McCoys (2012).

SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Bill Paxton nasceu e cresceu em Fort Worth, Texas. Filho de Mary Lou Gray e John Lane Paxton. Seu pai era ator ocasional, tendo tido diversos empregos .
Sua mãe era católica praticante, tendo criado os filhos nesta denominação. Bill era uma das crianças presentes na aglomeração que assistiu ao assassinato do presidente Kennedy, em 22 de novembro de 1963.

CARREIRA
Seus primeiros trabalhos no cinema eram pequenos papéis, como o punk que provoca o exterminador, em O Exterminador do Futuro (1984).
Bill interpretou o irônico recruta Hudson em Aliens, o Resgate (1986).
O ator trabalharia com o diretor James Cameron em outras produções, como True Lies (1994) e Titanic (1997).

Alguns dos trabalhos mais marcantes de Bill Paxton foi como o astronauta Fred Haise em Apollo 13 (1995), o protagonista do filme Twister (1996) e no filme No Limite do Amanhã (2014).

VIDA PESSOAL
Bill era casado há 30 anos com Louise Newbury e tinha dois filhos, James e Lydia Paxton.

MORTE
No dia 25 de fevereiro de 2017, o ator se internou para uma cirurgia cardíaca, devido a um aneurisma na aorta. O ator teve uma complicação que levou a um acidente vascular cerebral e faleceu.

Fonte: pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

Nenhum comentário: