“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

30 de jan de 2016

ADOLF DIEKMANN - Arte Tumular - 1052 - La Cambe German Military Cemetery La Cambe Departement du Calvados Basse-Normandie, France






Cemitério


ARTE TUMULAR
Base tumular no gramado do cemitério, destacando-se a lápide em forma de cruz com o seu nome e datas.

Local: La Cambe German Military Cemetery La Cambe Departement du Calvados Basse-Normandie, France -  bloco 25, linha 4, sepultura 121.

Fotos: Rick Laurence, Woose
Descrição tumular: Helio Rubiales



PERSONAGEM
Adolf Diekmann (18 dezembro de 1914 - 29 de junho de 1944 Normandy) era um oficial militar alemão e acusado criminoso de guerra.
Morreu aos 29 anos de idade.

SINOPSE BIBLIOGRÁFICA
Diekmann detinha a patente de SS-Sturmbannführer (major). Ele comandou um batalhão do regimento "Der Führer" do Waffen-SS. Homens desta unidade foram responsáveis ​​pelo massacre de Oradour-sur-Glane, na qual 642 habitantes foram mortos (245 mulheres, 207 crianças e 190 homens). Diekmann foi o oficial chefe presente.

Em relatórios e escritos, ele é muitas vezes identificada como Otto Diekmann (ou Dickmann). Antes da guerra, ele treinou na SS-Junkerschule.

Diekmann e sua unidade executaram uma série de massacres no sul da França, entre os quais estava Oradour-sur-Glane.
Diekmann Nunca foi julgado pelos atos cometidos em Bordeaux, mas ele foi considerado responsável em 12 de janeiro 1953, para o massacre de Oradour-sur-Glane.

MORTE
 Ele morreu em combate na frente da Normandia em 29 de junho de 1944.  Seu túmulo está localizado no cemitério alemão em La Cambe cemitério alemão guerra no bloco 25, linha 4, sepultura 121.

Fonte: en.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales








Nenhum comentário: