“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

23 de ago de 2011

DON ADAMS - Arte Tumular - 583 - Hollywood Forever Cemetery ,Hollywood, Los Angeles County,California, USA








ARTE TUMULAR
Sobre uma base ergue-se uma escultura  em mármore de um anjo alado com uma guirlanda de rosas nas mãos. Uma placa de bronze sobre um suporte na parte frontal do túmulo (lápide), com o seu nome e datas, ladeada por um relevo do seu busto com o seu famoso sapato-telefone que o imortalizou nas séries de TV.
Local: Hollywood Forever Cemetery ,Hollywood, Los Angeles County,California, USA
Plot: Section 8, Lot 57, Grave 20
Fotos: The chronider e TLS
Descrição tumular: Helio Rubiales
PERSONAGEM
Donald James Yarmy, mais conhecido como Don Adams (Nova Iorque, 13 de abril de 1923 — Los Angeles, 25 de setembro de 2005), foi um comediante e ator norte-americano.
Morreu aos 82 anos de idade.
BIOGRAFIA
Filho de judeu - húngaro que gerenciava uma pequena rede de restaurantes no bairro do Bronx, o jovem Don gostava de faltar às aulas para ir ao cinema. O sobrenome Adams ele aproveitou do casamento com sua primeira esposa, Adelaide Adams, pois seu último nome não o ajudava muito e as audições eram feitas sempre pela ordem alfabética.
Criou fama como protagonista da série de comédia norte-americana Get Smart, como o personagem Maxwell Smart, o trapalhão agente 86, nome pelo qual a série era conhecida no Brasil. Causou sucesso estrondoso, rendendo-lhe várias indicações a prêmios como o Globo de Ouro e o Emmy, sendo que, nesse último, ganhou três vezes consecutivas na categoria de melhor ator de séries cômicas. A série foi exibida de 1965 a 1969 pela NBC e teve mais uma temporada em 1970 pela ABC. Fazia-lhe par, na série, a agente 99, interpretada pela atriz Barbara Feldon. O par acabou se tornando um casal no seriado. Smart e 99 se casaram na temporada de 1969 e tiveram gêmeos na temporada de 1970.
Mesmo com o término da série original, Don e Barbara ficaram ligados aos personagens. Realizaram longas-metragens e filmaram para a TV uma nova série, que continuou a história dos agentes 86 e 99: no seriado, eram os pais de um jovem agente igualmente atrapalhado (interpretado por Andy Dick). Don Adams era amigo de Hugh Hefner, visitando-o com freqüência em sua Mansão Playboy.
Ele sempre dizia nas entrevistas que não se importava por ter feito apenas um papel de sucesso na televisão: seu propósito como comediante era, antes de tudo, fazer o telespectador rir.
Casou-se 4 vezes e teve 7 filhos. Uma de suas filhas, Cecily, morreu um ano e cinco meses antes, vítima de câncer de pulmão, mesma doença que viria a matar Adams.
MORTE
Don Adams faleceu em 2005, em Los Angeles, de complicações provenientes de um câncer de pulmão.
Fonte pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

Nenhum comentário: