“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

22 de jul de 2011

EDMOND HALLEY - Arte Tumular - 509 - Westminster Abbey *,Westminster,Greater London, England



TÚMULO (Original)
Base tumular em mármore, suportando um esquife, também em mármore com um tampo nos fundos da Igreja Santa Margarete
 Local: St. Margaret's Churchyard, Lee, Lewisham

MEMORIAL

Os restos mortais foram transferidos para a Abadia de Westminster tendo como marcador (lápide) um disco em bronze com o seu nome e datas, representando o núcleo do cometa e a cauda enumerando as suas descobertas.
Local:Westminster Abbey *,Westminster,Greater London, England, Plot: The Cloister*Memorial



Fotos: David Conway e wikipedia.
Descrição tumular: Helio Rubiales
PERSONAGEM
Edmond Halley (Haggerston8 de novembro de 1656 — Greenwich14 de janeiro de1742) foi um astrônomo e matemático britânico.
Morreu aos 85 anos de idade.
BIOGRAFIA

Halley foi o primeiro astrônomo a teorizar que os cometas seriam objetos periódicos, previu que no ano de 1758 um cometa cruzaria o sistema solar, devido a essa previsão, em sua homenagem, o cometa passou a ser chamado cometa de Halley. Aplicou o método de Newton para calcular órbitas de cometas em 24 astros deste tipo e descobriu que aqueles observados em 15311607 e 1682 tinham órbitas muito similares. Concluiu então que esse e outros cometas não eram objetos novos e sim objetos redescobertos que apenas retornavam às regiões interiores do sistema solar.
Halley publicou os resultados de suas observações em 1705, na obra A Synopsis of the Astronomy of Planets (Uma Sinopse da Astronomia dos Planetas). Os estudos sobre os cometas, porém, ocuparam apenas uma pequena parte da sua vida científica. Além de serAstrônomo Real Britânico e professor da Cátedra Savilian de Geometria na Universidade de Oxford, Halley produziu em 1678 um mapa do céu meridional. Mostrou em 1716 como a distância entre a Terra e o Sol poderia ser calculada a partir dos trânsitos (passagens por uma linha de referência) de Mercúrio e Vênus, e descobriu o movimento próprio das estrelas em 1718.


Descobriu também a relação entre a pressão barométrica e a altura acima do nível do mar, mapeou o campo magnético superficial da Terra, predisse de forma precisa as trajetórias dos eclipses solares e apresentou pela primeira vez uma justificativa racional para a existência da aurora boreal, a Teoria da Terra Oca. Halley também dedicou uma parte de seu tempo aos assuntos relativos à economiaengenharia naval e diplomacia, exercendo papel de destaque na publicação dos Principios de Newton.
Na atuária e demografia contribuiu com estudos sobre mortalidade e com a obra An Estimate of the Degrees of the Mortality of Mankind  de 1693, no qual apresenta Breslau Table a primeira tábua de mortalidade construída sob preceitos científicos, com dados de nascimento e mortalidade obtidos na cidade silesiana de Breslau.
Fonte:pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

Nenhum comentário: