“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

29 de nov de 2010

LESLIE NIELSEN - Arte Tumular - 446 - Evergreen Cemetery,Fort Lauderdale , Broward, Flórida, EUA







ARTE TUMULAR
Laje de mármore com uma placa de bronze com o seu nome e datas gravados. Defronte ao túmulo há um banco de granito homenageando o artista, com uma frase de um de seus filmes: "Sente-se sempre que puder"


LOCAL: Evergreen Cemetery,Fort Lauderdale , Broward, Flórida, EUA
Foto: Barbou Traci
Descrição Tumular: HRubiales

PERSONAGEM
Leslie William Nielsen (Regina Saskatchewan, Canadá, 11 de fevereiro de 1926 — Fort Lauderdale, Condado de Broward, Flórida, EUA 28 de novembro de 2010) foi um ator e comediante canadense-americano.
Morreu aos 84 anos de idade.
BIOGRAFIA
Nielsen nasceu em Regina,Saskatchewan, Canadá, filho de Ingvard Nielsen, um canadense de origem dinamarquesa, e Maybelle, que é de ascendência galesa. Teve dois irmãos mais velhos.
Alistou-se no Royal Canadian Air Force , e trabalhou como disc jockey antes de receber uma bolsa de estudos para Neighborhood Playhouse . Começando com um papel na televisão em 1948, ele rapidamente se expandiu para mais de 50 aparições na televisão.
Leslie Nielsen foi um dos protagonistas do clássico Forbidden Planet (O Planeta Proibido, no Brasil), de 1956. Fazia o capitão da nave espacial. Também como capitão, participaria do filme The Poseidon Adventure (O Destino do Poseidon, no Brasil), de 1972.
Deu uma guinada em sua carreira quando em 1980 aceitou fazer o médico maluco na comédia cinematográfica Airplane! (Apertem os cintos, o piloto sumiu, no Brasil). O filme era uma gozação absurda com a franquia Airport (Aeroporto), uma das mais bem-sucedidas da década de 1970. Com o sucesso desse papel, Nielsen passou a ser um dos comediantes mais requisitados para comédias desse gênero, inclusive a famosa The Naked Gun (no Brasil, Corra que a polícia vem aí) e que teve mais duas seqüências. Outras comédias que participou foi Dracula: Dead and Loving It (Drácula - Morto Mas Feliz, no Brasil), de Mel Brooks, e Repossessed (A Repossuída, no Brasil), com Linda Blair.
Nielsen apareceu em mais de cem filmes e 1.500 programas de televisão sobre a extensão de sua carreira, retratando mais de 220 caracteres
Foi casado quatro vezes: Boyer (1950-1956), Alisande Ullman (1958-1973), Brooks Oliver (1981-1983) e Barbaree Conde (2001-2010, sua morte). Monica. Nielsen também teve dois filhos de seu segundo casamento, Maura e Nielsen Thea.
Nielsen, declarou em várias entrevistas que ele tinha deficiência auditiva . Ele usou prótese auditiva na maior parte de sua vida. Por causa deste compromisso, ele apoiou publicamente a Better Hearing Institute.
MORTE
Em 28 de novembro de 2010, a Nielsen morreu enquanto dormia em um Lauderdale, Flórida, Fort hospital de complicações de pneumonia
Em novembro de 2010, Nielsen foi internado em um, Florida hospital de Fort Lauderdale com pneumonia . Em 28 de novembro, o Dr. Doug Nielsen, o sobrinho de Nielsen, anunciou numa estação de rádio que Nielsen havia morrido enquanto dormia devido a complicações da pneumonia, cercado pela família e amigos
Fonte: em.wikipedia.org
Formatação e pesquisa: Helio Rubiales

3 comentários:

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Caro confrade e amigo Hélio Rubiales!
Muito oportuna sua iniciativa de homenagear o já saudoso ator Leslie Nielson!
Caloroso abraço! Saudações memoralistas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

Helio de Oliveira disse...

Que pena que esse grande ator se foi. Adorava todos os filmes que ele fazia. era muito divertido. realmente vai fazer muita falta

Roberto Marins disse...

Simplesmente iinsubstituível.