“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

25 de abr de 2010

LEE VAN CLEEF - Arte Tumular - 403 - Forest Lawn Memorial Park, Los Angeles,Los Angeles County California, USA




ARTE TUMULAR
Placa de bronze com o seu nome e datas gravados em relevo no vasto gramado do cemitério.
LOCAL: Forest Lawn Memorial Park (Hollywood Hills) ,Los Angeles,Los Angeles County
California, USA
Plot: Courts of Remem brance (Front lawn, right side middle), Serenity Section, Lot 156
Fotos : Find a Grave
Descrição Tumular: Helio Rubiaes

PERSONAGEM
Clarence LeRoy Van Cleef Jr. (Somerville, 9 de Janeiro de 1925 - Oxnard, 16 de dezembrode 1989) conhecido artisticamente como Lee van Cleef, foi um ator americano
Morreu aos 64 anos de idade.
BIOGRAFIA
Lee Van Cleef serviu na Marinha norte-americana durante a Segunda Guerra Mundial antes de se tornar ator. Ganhou notoriedade no cinema pelos papéis de vilão em filmes de faroeste. Começou como um dos pistoleiros perseguidos por Gary Cooper em "High Noon" ("Matar ou Morrer", no Brasil), de 1952.
Em toda a sua carreira fez cerca de 300 filmes entre produções para o cinema e para a TV. Nadécada de 70 era considerado um dos dez atores mais conhecidos na Europa.
Teve problemas com o alcoolismo que o afastaram das telas por alguns anos, mas superou-os na época de ouro dos western spaghetti, trabalhando com o diretor Sergio Leone e o ator Clint Eastwood. Como um dos seus últimos trabalhos cita-se o protagonista do seriado de TV sobre artes marciais conhecido no Brasil por O Mestre
MORTE
Foi vítima de um colapso cardíaco, aos 64 anos, em sua residência.
Fonte: pt.wikipedia.org
Formatação e Pesquisa: Helio Rubiales

3 comentários:

DEEMON disse...

Um dos meus grandes herois nos anos 70 e 80. Não temos + atores como ele e o Clint fazendo verdadeiros westerns!!! Triste isso!!

DEEMON disse...

ittocy

eddie figueiredo disse...

Eu participo de um grupo no facebook, q se chama, " the best of lee van cleef brasil"! Entrem la, e se divirtam! Feliz ano novo para todos!