“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”



ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



INICIE A MUSICA

PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

7 de jan de 2009

JACK LEMMON - Arte Tumular - 85 - Westwood Memorial Park, Los Angeles, California, USA
















ARTE TUMULAR
Lápide em mármore com seu nome gravado com letras douradas.
LOCAL: Westwood Memorial Park, Los Angeles, California, USA

Descrição Tumular: Helio Rubiales




PERSONAGEM
Conhecido como JACK LEMMON, John Uhler Lemmon III, (Newton, Massachusetts, 8 de fevereiro de 1925 — 27 de junho de 2001) foi um ator americano.
Morreu aos 76 anos de idade.

BIOGRAFIA
Jack Lemmon formou-se em Ciências Políticas em Harvard. Depois de servir na Segunda Guerra Mundial, seguiu a carreira de ator, iniciando com a série televisiva That Wonderful Guy (1949-1950).

Iniciou a carreira no cinema com o filme Demônio de mulher, em 1954. Com Mister Roberts, em 1955, ganhou seu primeiro prémio, o Óscar na categoria de ator coadjuvante.
Com o diretor Richard Quine fez cinco filmes: Jejum de amor (1955), O baile maluco" (1957), Sortilégio do amor (1958), A viuvinha indomável (1959), Aconteceu num apartamento (1962) e Como matar sua esposa (1965).
Com o diretor Billy Wilder, fez os filmes Quanto mais quente melhor (1959) , Se meu apartamento falasse (1960), Irma La Douce (1963) e Avanti...Amantes à italiana (1972), A primeira página (1974) e Amigos, amigos, negócios à parte (1981).
Com Blake Edwards, Jack Lemmon atuou no filme Vício maldito, em 1962. Foi o seu primeiro papel dramático.
Sempre foi avesso à badalação a que são submetidos os grandes astros e preferia ficar em casa compondo ao piano, chegando a gravar um disco em 1959. Não se considerava um astro, mas sim um operário da arte cinematográfica, que se esforçava para dizer algo.

MORTE
Morreu em 2001, ao 76 anos de idade, vítima de câncer. Possui uma estrela na Calçada da Fama, localizada em 6357 Hollywood Boulevard.

Fonte:pt.wikipedia.org
Formatação e pesquisa: Helio Rubiales


Antes da reforma

Nenhum comentário: