“MEMENTO, HOMO, QUIíA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS. ”

''REVERTERE AD LOCVM TVVM'

'Retornarás de onde vieste'


ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades que marcaram época. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.



PESQUISAR: COLOQUE O NOME DO PERSONAGEM

7 de nov. de 2021

MARÍLIA MENDONÇA - Arte Tumular - 1583 - Cemitério Memorial Parque de Goiânia, Goiás, Brasil

 


SEPULTAMENTO





Marília Mendonça
Mendonça no programa Lady Night em 2018
Nome completoMarília Dias Mendonça
Pseudônimo(s)
  • A Patroa
  • Rainha da Sofrência
Nascimento22 de julho de 1995
CristianópolisGoiás
Morte5 de novembro de 2021 (26 anos)
Piedade de CaratingaMinas Gerais
Nacionalidadebrasileira
Ocupação
PrêmiosLista
Carreira musical
Período musical2011–2021
Gênero(s)sertanejo
Extensão vocalcontralto coloratura
Instrumento(s)
Gravadora(s)Som Livre
Causa da morteacidente aéreo
Página oficial
mariliamendoncaoficial.com.br
PERSONAGEM
Marília Dias Mendonça (Cristianópolis, 22 de julho de 1995 — Piedade de Caratinga, 5 de novembro de 2021) foi uma cantora, compositora e instrumentista brasileira, um dos nomes de maior repercussão e influência na música nacional nas décadas de 2010 e 2020. 
Morreu aos 26 anos.

SINOPSE ARTÍSTICA
Em 2015 lançou seu EP de estreia homônimo, porém Mendonça só ganhou destaque após lançar seu primeiro DVD homônimo em 2016, que lhe concedeu certificado de tripla platina pelas 240 mil cópias vendidas. A canção "Infiel", incluída no álbum, tornou-se uma das músicas mais tocadas no Brasil e recebeu certificado de disco de diamante triplo, fazendo Marília ganhar visibilidade nacional. 

Seu segundo álbum Realidade foi lançado em 2017 e recebeu uma indicação ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Sertaneja. Em 2019, lançou Todos os Cantos, um projeto roteirizado com shows gravados pela cantora em todas as capitais do país. O álbum recebeu uma certificação de tripla platina pelas 240 mil cópias vendidas e rendeu à intérprete seu primeiro prêmio Grammy Latino, vencido na categoria Melhor Álbum de Música Sertaneja. 

SINOPSE BIBLIOGRGÁFICA

2011 - 2016
Marília Mendonça Nascida em Cristianópolis e criada em Goiânia, teve seu primeiro contato com a música através da igreja e começou a compor quando tinha 12 anos de idade, passando a escrever músicas para vários cantores, como as canções "Minha Herança" (João Neto & Frederico), "Muito Gelo, Pouco Whisky" (Wesley Safadão), "Até Você Voltar", "Cuida Bem Dela", "Flor e o Beija-Flor" (Henrique & Juliano), "Ser Humano ou um Anjo" (Matheus & Kauan), "Calma" (Jorge & Mateus) e "É Com Ela Que Eu Estou" (Cristiano Araújo).

Se lançou como cantora em janeiro de 2014, através do seu primeiro EP homônimo. Em junho de 2015, foi lançado a canção "Impasse", primeiro single da cantora que contou com a participação da dupla Henrique & Juliano. Em março de 2016, lançou seu primeiro álbum intitulado Marília Mendonça: Ao Vivo que contou como singles as músicas "Sentimento Louco" e "Infiel" e a participação da dupla Henrique & Juliano. "Infiel" se tornou a segunda canção mais executada nas rádios do Brasil naquele ano, fazendo a Mendonça ganhar reconhecimento nacional. Em outubro, foi lançado um EP acústico ao vivo nomeado Agora É Que São Elas, com faixas de sucesso anteriores e tendo como single unicamente a canção "Eu Sei de Cor".

2017 - 2021
Em janeiro de 2017 lançou outro EP homônimo com quatro faixas inéditas. Em março foi lançado seu segundo álbum intitulado Realidade, que teve como singles "Amante Não Tem Lar" e "De Quem É A Culpa" e contou novamente com a participação da dupla Henrique & Juliano. Em novembro, lançou o single "Transplante" em parceria com dupla Bruno & Marrone. Em julho, Mendonça conquistou o posto de artista brasileira mais ouvida no YouTube, ficando em 13º lugar no ranking mundial. 

Em fevereiro de 2019, foi lançado o primeiro volume do terceiro DVD da cantora intitulado Todos Os Cantos, que tem como singles as músicas "Ciumeira", "Bem Pior Que Eu", "Todo Mundo Vai Sofrer" e "Supera". Em março, foi divulgado pelo serviço de streaming Spotify, que a cantora ocupa o primeiro lugar no TOP 10 das mulheres mais ouvidas do Brasil na plataforma. Em maio, foi lançada o segundo volume do álbum Todos os Cantos. O terceiro volume do DVD foi lançado em agosto. 

VIDA PESSOAL
Em março de 2015, Mendonça começou a namorar o empresário Yugnir Ângelo, de quem ficou noiva em dezembro de 2016. O relacionamento chegou ao fim em agosto de 2017, revelando que estava muito jovem para um relacionamento tão sério. Após manter relacionamentos casuais, em maio de 2019, a intérprete assumiu estar em um relacionamento sério há cinco meses com o também músico Murillo Huff.  Em junho, confirmou estar grávida, dando a luz ao seu filho Léo, nascido prematuro de oito meses, no dia 16 de dezembro de 2019, em Goiânia, através de parto normal. Em julho de 2020, Mendonça anunciou a separação de Huff. Poucos meses depois, o casal reatou. 

MORTE
No dia 5 de novembro de 2021, Mendonça embarcou em um táxi aéreo, em Goiânia, junto de seu produtor Henrique Ribeiro e de seu tio e também assessor Abicieli Silveira Dias Filho, com destino a Caratinga, interior de Minas Gerais, onde faria uma apresentação. 

O avião que transportava a cantora, um bimotor Beech Aircraft fabricado em 1984 que segundo a ANAC estava em situação regular e possuía autorização para realizar serviço de táxi aéreo, caiu na zona rural de Piedade de Caratinga, cidade vizinha a Caratinga, após atingir um cabo de uma torre de distribuição de energia da CEMIG, a poucos quilômetros do aeroporto em que faria o pouso. 

Por volta das 16h30, a assessora da artista emitiu um comunicado à imprensa, informando que todos os ocupantes do avião já teriam sido resgatados e estavam bem, o que foi em seguida desmentido pelos bombeiros. Cerca de uma hora depois, a morte da cantora e dos demais tripulantes, incluindo o piloto e o copiloto da aeronave, foi confirmada em nota oficial.

VELÓRIO
O corpo da cantora e das demais vitimas, com exceção do piloto e do copiloto, deixaram a funerária em Caratinga, na madrugada do dia 6.  Pela manhã, os corpos de Marília e de seu tio e assessor Abiceli Silveira Dias chegaram em Goiânia. O velório iniciou-se na Goiânia Arena às 12:30h, inicialmente restrito aos familiares. Às 13h, o velório foi aberto ao público, prevendo que mais de cem mil pessoas passariam pelo ginásio. O cortejo fúnebre iniciou-se às 17h30, sendo os corpos sepultados no Cemitério Memorial Parque de Goiânia.

Fonte: pt.wikipedia.org
Formatação: Helio Rubiales

Nenhum comentário: